Que incorreu em erro, culpado

24/08/2016
Começos.
Começos são sempre difíceis.
A sorte é que nem todo começo é, necessariamente, desagradável.

www
A vontade de criar um blog não me é antiga. Ela já vem cozinhando na minha cabeça desde antes de eu começar a faculdade, ou antes de eu começar no meu atual emprego. Imaginei o começo várias vezes, fiz vários planos. Infelizmente, nenhum deles incluía um dia bosta. Nenhum deles incluía uma ligação desesperada pra mãe e um conselho sobre procurar um psiquiatra. Nenhum deles incluía chorar no banheiro do trabalho, nem do da faculdade. E, definitivamente, nenhum deles começava durante uma aula insuportável de Produção II.

Minha vida decorre do erro. Ela é um conjunto de erros que acompanham bagagens pesadas e pouca força pra carregar tudo. Não existe planejamento, existe impulso. 

Esse blog pode ser mais um dos meus erros, só mais um tópico na minha lista de planejamentos que não deram certo, mas será feito de mim. De um monte de ideias (algumas claras, outras nem tanto), um monte de neuras, frustrações, problemas, vontades e impulsos. Uma bagunça, só que com algum sentido.  

É como diria o Park*,  "She never looked nice. She looked like art, and art wasn't supposed to look nice; it was supposed to make you feel something". 

E mesmo apesar do dia bosta, e de todas as coisas lá de cima, eu não me sinto tão mal. Ok, talvez eu esteja me sentindo mal, mas não sobre isso. É muito bom começar algo que estava nos seus planos há muito tempo. É como estar afogando e conseguir subir à superfície pra tomar mais um fôlego. É provar pra si mesma que ainda tem potencial aqui, que ainda pode dar certo e que as forças ainda não se esgotaram.

E, enquanto houver força, haverá luta.

*Eleanor & Park - Rainbow Rowell

Lap.so
(latim lapsus, -a, -um, particípio passado de labor, labi, deslizar, escorregar, resvalar, cair)

adjetivo
1. que incorreu em erro; culpado.
substantivo masculino
2. decurso de tempo, espaço, intervalo.
3. erro, falta que se comete, falando ou escrevendo, por inadvertência, descuido ou falha de memória.
4. interrupção de funcionamento normal; ausência, falta, falha.


2 comentários:

  1. Exatamente isso que eu penso do meu blog também: "pode ser um erro, mas é feito de mim... é provar pra si mesma que ainda tem potencial aqui". As vezes a gente não consegue mais guardar só pra si e por mais que poucas pessoas venham a se interessar, ter um blog é como um escape, uma sangria. Bem-vinda, vamos juntas!

    http://amorticinio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

recentes Página inicial