Berenice, a gata

13/05/2017

Eu estava tentando convencer meus pais a adotarmos um bichinho de estimação há anos, mas minha mãe tinha um milhão de motivos pra isso não acontecer. Sugeri um cachorro, depois um gato, um porquinho da índia, um coelho... Quando me dei conta, até tartaruga de aquário já tinha entrado na lista. Fiquei nesse jogo até o dia em que meu pai e eu decidimos começar uma rebelião silenciosa. Foi assim que, há exatos 15 dias, ele chegou lá em casa com a maior cara de quem não quer nada e uma caixinha de papelão cheia de furinhos debaixo do braço.

Difícil saber quem estava mais confusa, a gatinha que saiu dessa caixa ou eu. Lá em casa nós já tivemos cachorros, passarinhos, peixes, galinhas, marrecos e até um filhote de porco (que, por motivos óbvios, ficou lá por menos de 12 horas), mas nunca tivemos um gato. Primeiro, pensamos que ela ficaria quieta dentro da caixa de papelão como um filhote de cachorro - doce ilusão. Depois, houve uma discussão pra saber se deveríamos comprar areia normal ou areia específica pra higiene de gatos. No dia seguinte, quando a levei ao veterinário, descobri que ela não era cinza como pensávamos, mas sim branca. Não faltou dúvida, surpresa, confusões e descobertas (essa frase ficou digna do narrador da Sessão da Tarde, mas juro juradinho que foi bem assim).

"Me jogaram na água, tiraram meu sangue e ainda me marcaram com esse laço horroroso, isso aqui é o inferno"  - Berenice, inconformada com a primeira ida ao veterinário
Ainda estamos nos acostumando com as manias uma da outra. Agora já sei diferenciar um miado de necessidade de um miado de manha - ou um miado comum. Já sei que ela gosta mais do Whiskas de atum do que do de frango, que prefere brincar com um pedaço de papel aos brinquedos que comprei, que gosta de carinho na cabeça e que tem a péssima mania de se esconder em lugares inimagináveis e me matar de preocupação.

Tem várias coisas que ninguém te conta sobre ter um gato. Os pelos vão passar a fazer parte das suas roupas pretas, seus pulsos vão ficar frequentemente arranhados (Berenice acha que pode me escalar como seu eu fosse uma pilha de roupas), você vai querer vomitar toda vez que abrir um pacote de Whiskas - e vai se sentir culpada por não dar o alimento mais gostoso pro seu bichinho só pra não ter que sentir esse cheio horrível. 

Berenice, explorando o quintal.
Mas também vai morrer de rir quando ele decidir brincar com uma bolinha, morrer de fofura quando ele ronronar pela primeira vez e vai ficar viciada em fazê-lo ronronar sempre. Descobrir curiosidades sobre gatos vai ser seu passatempo mais divertido e engraçado da vida, assim como tentar entender como um coco tão fedido e gigante pode sair de uma coisinha tão fofinha e pequena. Seu cartão de crédito vai ter várias dividas de brinquedos que você comprou, mesmo sabendo que seu gatinho gosta mesmo é das coisas mais simples, como caixas, pedaços de papel e gravetos. Você vai se sentir como o Caillou na abertura do desenho, cantando que “cada dia na vida é uma nova surpresa”. 

Seja bem vinda, Berenice. 

Quem me segue no instagram TROCO LAIKES já está acostumado com a Berecine roubando a cena, coisa que provavelmente vai acontecer aqui também. Pretendo fazer pelo menos mais um post com fatos e histórias sobre ela.

“Mas, Natália, tem menos de um mês que você adotou a gata, já tem histórias sobre ela?”
Olha, pior é que tem.

16 comentários:

  1. Owwwnt. Que postagem mais fofa de se ler. Literalmente me fez sentir parte da sua casa, da sua rotina e do momento em que viu Berenice pela primeira vez. Adorei. ♥ Aqui em casa tenho os mesmos dilemas que outrora você teve. Já fiz uma lista enorme de possíveis bichinhos de estimação, mas acho dificil que um dia eu vá ter algum. :/ Tensooo. Mas que linda! Ahaze com Berenice e boa sorte abrindo os pacotes de ração!

    ACESSO PERMITIDO. ♥
    www.acessopermitido.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :)
      E quem sabe você não dá sorte e ganha um bichinho? Eu também achava bem improvável ter um, mas a Berenice tá aí kk
      Beijos

      Excluir
  2. Gatos <3 tive gatos a vida inteira e são uns lindos. O Loki descobriu sozinho uma caixa que chegou do correio e decidiu que ela seria seu novo brinquedo.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. A Berenice decidiu que uma embalagem vazia de chocolate vai ser o brinquedo dela HAHA

      Excluir
  3. Awnnn... um amorzinho ela!
    Morri de rir aqui com essa narrativa, e com as legendas das fotos... Uma delícia!

    Blog Insaturada

    ResponderExcluir
  4. Eu amo gatos. Adotei 2 muito lindos recentemente e em breve vou falar sobre eles no blog também. Acho essa coisa de adotar gatos maravilhosa. Nos faz querer encher eles de amor, principalmente quando sabemos que eles estavam na rua sofrendo, tomando chuva e sem alimento. Fico feliz que tenha adotado à Berenice, que por sinal é um ótimo nome. Seu pai foi o máximo te dando ela, imagino sua felicidade ao ver aquela coisa maravilhosa que um dia vai dominar o mundo dentro duma caixa pronta para dar e receber amor. Sobre o cocô deles, mano, fede muito. Principalmente quando é o dobro, eim? Tô passando muito sufoco nessa parte; porém fora isso tô muito feliz com meus erezinhos. Sim, eu chamo eles assim. 💙
    Que você é a Berenice curtam bastante o tempo de vocês juntas.

    Xoxo
    Www.memorizeis.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Uma coisa que me ajudou com o cocô foi comprar aquelas areias próprias pra higiene dos gatos, sabe? Nem é bem uma areia, parece mais umas pedrinhas, mas a Berenice acostumou bem e ela dá uma neutralizada no cheiro.
      Beijos

      Excluir
  5. Aqui em casa a gente é muito mais ligado aos nossos cachorros do que à nossa gata justamente pelo jeito independente dela, mas descobrir essas coisinhas aos poucos é uma parte muito gostosa de criar animais em geral. Vou adorar acompanhar os posts dela. Já morri de fofura com seus relatos e morri de rir com a parte do coco porque COMO PODE????????????? Até hoje não entendi essa parte também.

    A Berenice tem uma cor linda e já de agora você vai conseguir definir se sua gata vai gostar da companhia de pessoas ou de ficar mais tempo sozinha.

    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O coco é um caso sério haha
      A veterinária disse exatamente isso, que nesses primeiros meses a gente vai se acostumar e descobrir se ela gosta de ficar perto dos seres humanos ou se ela prefere ficar sozinha.
      Beijos

      Excluir
  6. Tive minha infancia repleta de animais e muito mato. Minhas brincadeiras preferidas era ser agricultora. Adorava arrancar os tomates da minha mãe. Trouxe comigo esse amor por gatos desde nova. Tive cachorros, mas meu apego sempre foi mais com esses serzinhos fofos e roronantes*. Hoje tenho a Mel comigo e é minha unica companhia quando meu boy viaja. Poder ter ela pra alegrar minha vida é tudo que eu mais amo. Ela também rouba a cena lá no meu insta (te segui lá). Adorei esse post com o <3 e boa sorte com a ração e o cocô, fazer o que?!
    Beijinhos,
    https://julietincrisis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca fui fã de tomates, mas gostava de ir na horta do meu pai e arrancar algumas folhas de couve do pé. Nem sei como comia aquilo puro, mas comia HAHA
      Te segui de volta no instagram

      Excluir
  7. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH ♥♥♥ o que dizer além de: estou apaixonada pela berenice! que gracinha que seu pai chegou com essa surpresa em casa, espero que vocês sejam muito felizes juntos. a minha vida só melhorou depois dos meus gatos, sério, é muito amor. e realmente não dá pra entender como esses rostinhos tão bonitos fazem umas coisas tão fedidas, mas você se acostuma :~~~HHHAHAHAHAHAH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ♥♥♥
      Pois é, fiquei assustada com os cocos mas já estou acostumando mesmo HAHA
      Beijos

      Excluir
  8. Que gatinha mais fofa!
    Não posso ter gatos, porque mataria eles de tanto apertar! Hahahaha
    Beijos, Aline
    Verso Aleatório

    ResponderExcluir

recentes antigos Página inicial