Lagartixas Lazarentas

21/02/2017

Terça-feira passada eu ainda estava de férias da faculdade. Cheguei em casa depois de vender a alma em troca de dinheiro (trabalhar, o nome) e fui pro meu quarto. Eu tinha comprado alguns pares de tênis naquelas promoções "4 tênis por 170 reais" e eles estavam devidamente empilhados do lado do meu guarda roupa. Até aí, tudo em paz. A vida podia ter continuado a ser assim, se não fosse o bichinho lazarento que saiu do meio das caixas. Sim, estou falando de uma lagartixa. Pequenininha, preta, com os olhos saltados, pronta pra subir no teto e cair em cima de mim enquanto eu estivesse dormindo. Ou me passar doenças. Ou colocar fogo na casa e me levar pro inferno.

UM AVISO
Eu tenho medo real oficial de lagartixas. Não é medo do tipo "tenho nojinho". É medo do tipo gritar e ter ataques de pânico. Se você é daquele tipo de pessoa que vai comentar coisas como: "mas elas não fazem mal pra ninguém", "lagartixas comem insetos, deixa elas em paz", "não tem porque ter medo, lá em casa tem uma que mora debaixo da geladeira, demos o nome dela de Rodolfo"; olha, melhor nem continuar lendo esse texto. Vou te mandar ir à merda sem dó. É sério.

Vocês conseguem imaginar minha reação? Foi uma coisa mais ou menos assim:

www
Segui o protocolo padrão, que consiste em gritar minha mãe pra vir matar a porcaria do animal. Quando minha mãe chegou no quarto, a lagartixa se assustou e se escondeu atrás das caixas. Foi aí que fodeu tudo.

A boa notícia é que minha mãe conseguiu matar a lagartixa. A ruim é que a maldita (a lagartixa, não minha mãe) tinha duas irmãzinhas. A pior ainda, é que as duas fugiram.

Deu-se início ao desespero. Procurei na internet o que eu podia fazer pra matar esses bichos ou, pelo menos, expulsar eles do meu quarto. Resultado? "Dormi" com a luz acesa, uma cebola e uma cabeça de alho espalhadas pelo quarto. Reza a lenda que o cheiro forte afasta elas. Na verdade, o cheiro é tão forte que pode afastar qualquer tipo de ser vivo. Não duvido que as árvores criem pés e saiam correndo pra fugir do cheiro do alho e das cebolas. Quanto ao "dormir", simplesmente não aconteceu. Passei a noite olhando pro teto e pras paredes, procurando lagartixas.

Desde esse dia, nunca mais abri a janela do meu quarto. Comprei 600ml de essência de citronela pra colocar e naftalina pra pendurar na grade da janela e na porta. Decidi trocar todos os móveis do meu quarto. Perdi duas noites inteiras de sono, dormi miseravelmente nas outras. Perdi o controle da minha vida

UM ADENDONão, eu não sou o tipo de riquinha mimada que pode trocar os móveis do quarto sempre que der na telha. Eles já estavam bem ruins e eu estava juntando dinheiro há bastante tempo pra trocá-los. Quando esse desastre todo começou, eu já tinha o dinheiro suficiente, mas estava com pena de gastar tudo de uma vez com móveis. Demorei tanto pra juntar o dinheiro que gastar ele de uma vez só me dava uma sensação de desperdício, sabe? A situação foi só o estopim que eu precisava pra fazer o que devia ser feito. Meu guarda roupa antigo tinha uma abertura de uns 4cm na parte de trás (o fundo dele estava estufado e acabou soltando do guarda roupa, veja bem) e eu fiquei com medo de que a lagartixa tivesse entrado por essa fresta.

No total, achei 9 lagartixas em casa depois dessas três. Meu pai achou uma. Minha mãe esconde o número, provavelmente pra não me deixar mais nervosa. Numa dessas vezes, fui acender a luz do meu quarto e ela estava bem próxima do apagador. Vocês entendem meu pânico? EU QUASE COLOQUEI A MÃO NAQUELE TROÇO ASQUEROSO! Quando saí correndo desesperada, ela se escondeu e meus pais acharam que eu estava tendo alucinações. Quando eu finalmente consegui achar a lazarenta, comecei a gritar meus pais e dizer que não estava louca. Sim, chegamos a esse ponto.

www
Moral da história: nunca julgue o medo de alguém. Por mais bobo que possa parecer, ele pode prejudicar a saúde mental e a rotina da pessoa de maneiras inimagináveis.

E se você sabe de algum remédio/técnica pra matar ou espantar lagartixas, pelo amor ou ódio que você tem à tudo desse mundo, deixa escrito nos comentários. Ajudem a amiguinha a voltar a ter uma vida normal.

18 comentários:

  1. Miga HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, me perdoa por ser ridícula porque eu sei que não tem nada de engraçado nisso, mas tão difícil não rir. Por favor, não desiste de mim.
    Eu sou uma pessoa que não tem medo de lagartixas e até comemoro quando vejo uma, porque isso significa que elas vão comer os bichos que eu realmente tenho medo: aranhas, baratas, escorpião, etc etc. Mas eu entendo o medo, porque coisas muito parecidas já aconteceram comigo envolvendo baratas e aranhas (graças a Deus nunca tivemos escorpião em casa) e é um inferno real oficial que muita gente simplesmente não leva a sério por achar que é uma coisa boba, pequena demais. E não é. O dia que as pessoas entenderem que o medo não precisa ser racional pra nos fazer mal, vai ser uma vitória.

    beijo e espero do fundo do meu coração que não apareçam mais lagartixas por aí para te desestruturarem desse tanto. Stay strong. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, escorpião é uma coisa terrível. Fiquei sabendo que acharam alguns na sala onde trabalho, nunca mais deixei minha bolsa no chão.
      Essa parte do racional é foda, porque sempre vem alguém querendo explicar que "o bicho tem mais medo de você do que você dele" como se isso não fosse óbvio. Já sabemos disso e não ajuda a combater o medo.
      Obrigada :)

      Excluir
  2. Olá Nathalia!
    Eu vi seu comentário fofo/cômico e vim conhecer o seu blog.
    E preciso dizer que WHAT THE FUCK! Como eu não conheci esse blog antes?

    Você é muito engraçada, não tem como não rir por mais dramática que seja a história.
    Olha, quanto ao medo desses seres, eu também tenho medo de qualquer um que você possa imaginar.
    Espero que em breve você consiga exterminar todas essas criaturas.

    Adorei seu blog e agora sou uma seguidora/leitora assídua.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ♥ o objetivo aqui é rir das desgraças da vida mesmo kkkk
      De que adianta passar por isso tudo sem render umas piadinhas, né?
      Beijos e muito obrigada :)

      Excluir
  3. Nossa. Consigo imaginar tru pânico porque sou basicamente igual quando vejo uma aranha. Uma vez estava eu dormindo lindamente quando em sonho vejo uma aranha na minha cama. ENORME. Acordei e sai correndo pra cozinha jurando que era verdade. Quando voltei não tinha nada. Mas é claro que eu procurei em todo lugar possível daquele bicho asqueroso estar. Não consegui dormir direito depois disso.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, já sonhei com lagartixas também, pior coisa. O problema de voltar a dormir é que você sempre imagina esses bichos horríveis no teto caindo em cima de você.
      Força pra nós

      Excluir
  4. Nossa.. quanta Lagartixa.
    Eu tinha medo delas, mas quando soube que comem barata, hoje não mato hahaha
    deixa elas viverem suas respectivas vidas ahah

    Mas essa quantidade de lagartixas encontrada é meio assustador!!!
    Só pra deixar registrado: EU TENHO PAAAAAAAAVOR DE BARATA.

    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito ruim ter medo desses bichos que aparecem do nada em qualquer lugar :/

      Excluir
  5. Oi Natália, acabei de conhecer o seu blog, vim através do grupo United Blogs e estou amando kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk dei altas risadas aqui (sorry) sua postagem é muito cômica. Também tenho medo de lagartixas e baratas (de baratas mais do que lagartixas)...É terrível!!! Se puder, faz um visitinha ao meu blog :3 Beijocas. Te aguardo <3

    Sorriso Jovem | SJ Oficial Fanpage

    ResponderExcluir
  6. "4 tênis por 170 reais" - onde, como, por quê? Aqui nunca tem essa promoções, um chinelo de dedo tá mais caro que kinder ovo.
    Haha' poxa, eu acho as lagartixas fofinhas. Um pouco estranhas, mas eu tô de boas com elas. Poxa, medos assim atormentam nossa vida. Eu tenho um medo de cachorro (daquelas raças maiores), e as pessoas não entendem o porquê. Se eu ver um pitbull na rua, por mais que esteja na coleira, eu sou capaz de ir por outro caminho pra não ter que passar do lado do bicho. É uma espécie de trauma, mas estou aprendendo a lidar. Eu não sei porque desanedei em falar disso, desculpa. voltemos ao comentário referente ao post:
    Bom, se me permite dizer isso, mesmo se você tivesse conseguido dormir com o fato das lazarentas estarem soltas, você não conseguiria dormir com o cheiro da cebola. Minha santa força, fede muito.
    Bom, pelo menos a situação serviu para trocar os móveis (tentando ver pelo lado positivo).
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tive medo de cachorro, mas entendo quem tem. Até porque, mesmo que sejam animais domésticos que estão acostumados a conviver com a gente, eles tem instinto e podem atacar a qualquer momento (mesmo que grande parte deles não ataquem).
      O cheiro da cebola é terrível mesmo, acordei com o estômago todo revirado kkk
      Ah, os tênis, sempre tem essas promoções em sites de roupa (tipo Dafiti). Comprei os meus na Kanui :)
      Beijos

      Excluir
  7. Nossa, eu também não resisti e acabei rindo, mas minhanossa isso foi uma infestação de lagartixas kkkk te contar um segredo? Eu também tenho medo de lagartixas rs, não deveria já que sei que elas são de Hécate, mas quando vejo também dou cada grito!

    Pior do que isso acho que só baratas, outro dia tinha uma na porta e fiz minha avó descer as escadas do prédio pra matá-la pra poder entrar em casa.

    Por isso eu não te julgo pelo seu medo rsrsrss

    Tomara que trocar os móveis tenha ajudado.

    Kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguém que entende meu medo \o/
      Eu faço isso com as lagartixas, começo a gritar minha mãe pra ir matar (descobri que se você sair do lugar elas se escondem e nunca mais você acha)
      Beijos

      Excluir
  8. Meu deus huahua desculpa por rir, mas eu sou exatamente assim, porém com BARATAAAAAAAAS AAAAAAAAAAAAAAAAAA huahuahua
    Nem consigo dormir se vir uma e ela sumir do nada na minnha casa. Sempre imagino que vai passar por mim quando estiver dormindo. Odeio esses bichos!

    bruna-morgan.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fico imaginando o que esses bichos podem fazer enquanto eu estiver dormindo, que horror!

      Excluir
  9. Não vou mentir, eu ri com o texto shauhsauhauhuas mas fobia é exatamente assim, por mais bobo e inofensivo que o bicho possa parecer pra muitos, quem tem fobia vai ver aquilo como a pior coisa que poderia existir na face da terra. E não, não precisa fazer sentido, é fobia e fim! Porque tem gente que fica querendo que o medo da pessoa faça sentido, que tem que ter explicação.
    Eu não tenho fobia com nada, massss convivo com uma mãe que tem PAVOR de mandruvá (aquelas desgraças que depois vão virar borboletas) e ver o medo dela me ensinou a não julgar o de nenhuma outra pessoa, pois pode não ser real pra mim, mas para ela é e eu tenho que respeitar isso e tentar ajudar como puder.


    http://catscantwrite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, as pessoas ficam tentando te convencer de que não faz sentido MAS EU SEI QUE NÃO FAZ. Só não consigo parar de sentir medo.
      Também não sou muito fã dos mandruvás kkkk
      Beijos

      Excluir